Avaliação do Usuário: / 7
PiorMelhor 

Antes de Começar a estudar, faça já o seu Teste de Nivelamento para saber o seu nível de inglês, e ganhar até 12 aulas particulares de inglês.

Dicas para se preparar para seu Intercâmbio

Preparativos antes da viagem

1. Providencie seu passaporte com a máxima antecedência possível. A burocracia pode tornar o processo mais lento do que parece.
2. Se você já tem passaporte, verifique o prazo de validade, para não correr o risco de que ele expire durante sua viagem. Alguns países só concedem vistos se a validade do passaporte se estender por, pelo menos, seis meses depois da viagem.
3. Verifique se os países que você vai visitar exigem vistos. Providencie a documentação para conseguí-los com antecedência. Alguns países só têm representações diplomáticas em Brasília, o que significa mais tempo de espera.
4. Previna-se sempre fazendo uma assistência médica internacional, pois os médicos e hospitais são caríssimos e você poderá estar desprevenido numa emergência.
5. Uma boa viagem começa muito antes do embarque. Leia tudo o que puder sobre os lugares que vai visitar. Compre livros e guias. Informe-se sobre costumes e hábitos.
6. Entre em contato com seu Banco ou Administradora de Cartão de crédito para obter uma listagem com os locais dos caixas eletrônicos fora do país.
7. Deixe uma cópia de seu itinerário pessoal com todos os números de telefones na sua casa ou escritório.
8. Tire um xerox de sua passagem aérea e passaporte. No caso de extravio de um deles, fica muito mais fácil solicitar uma segunda via.

A melhor maneira de levar o dinheiro

1. Levar o dinheiro em cheques de viagem é mais seguro, porque em caso de furto você pode cancelá-los. Os cheques de viagem são tão confiáveis que alguns bancos e casas de câmbio no exterior pagam por eles taxas de câmbio ligeiramente maiores até do que as que oferecem por papel-moeda.
2. Leve algum dinheiro trocado na moeda do país que visitará para eventuais despesas antes de trocar seus dólares no lugar de desembarque.
3. Nunca transporte todo o dinheiro num lugar só. Leve a maior parte consigo num money port, que é como chamam aquelas bolsinhas que se levam debaixo da roupa.
4. Leve um ou mais cartões de crédito internacional. Eles são bem aceitos em quase todos os lugares do mundo. Tenha o número dos cartões e o telefone da empresa emissora anotados para comunicar-se em caso de extravio.
5. Se você for para a Europa, use cartão de crédito tanto quanto possível, para reduzir os problemas de câmbio. Troque o dinheiro em caixas eletrônicos ou bancos.

Como economizar

1. Procure cartões ou passes especiais oferecidos por muitos países e cidades dando descontos para transportes e acomodações. Use transporte público sempre que possível.
2. Se você tem espírito aventureiro, não esqueça sua Carteira de Albergue da Juventude.
3. Visite os escritórios de turismo das cidades para saber das últimas informações sobre eventos, descontos e hotéis.
4. Faça as refeições em estabelecimentos locais, coma e beba com o povo do país.
5. Solicite as taxas de devolução de valor agregado (VAT): imposto sobre vendas cobrado na maioria dos países. Turistas estrangeiros podem ser reembolsados. Informe-se na loja onde estiver fazendo suas compras.
6. Vá além das grandes cidades, no interior os preços são menores.
7. Peça descontos nos hotéis, muitos deles podem discutir seus preços.
8. Os jovens podem ter vantagens e descontos especiais na maioria dos países, leve com você a Carteira Internacional de Estudante.
9. Quando fizer ligações para o Brasil utilize o cartão de telefonia. Será muito mais prático e barato.
10. É possível receber correspondência na Posta Restante em qualquer uma das cidades européias e americanas na agência central do correio.
11. A Internet é a maneira mais barata de se comunicar com quem ficou no Brasil. Na maioria dos estabelecimentos comerciais europeus e americanos, é possível enviar emails.

Bagagem

1. Não exagere na bagagem. Pouca bagagem é mais leve e mais fácil de controlar.
2. Leve o mínimo de roupa possível. Há serviços de lavanderia por toda parte.
3. O ideal é dividir sua bagagem em uma mala para despachar (com rodinhas é melhor) e uma maleta de mão.
4. Além disso, tenha nécessaires para medicamentos e para artigos higiênicos.
5. No nécessaire de medicamentos, leve produtos para primeiros socorros, analgésicos, antiácidos, antiinflamatórios, medicamentos contra enjôo e para desarranjos intestinais, colírio e seu antigripal preferido. É complicado comprar remédio no exterior sem receita médica. Transporte os medicamentos em suas embalagens originais.
6. No nécessaire de higiene, leve produtos pequenos e descartáveis. Assim você poderá livrar-se deles antes de voltar e ter mais espaço para trazer souvenirs.
7. Na maleta de mão, leve os nécessaires e uma muda de roupa, para que você não fica na mão caso em uma emergência.
8. Se você usa óculos, leve um par de reserva acompanhado da receita.
9. Não esqueça do adaptador caso leve algum eletrodoméstico. Na Europa, praticamente todos os países são servidos por uma corrente elétrica de 220V e 50herz. Nos Estados Unidos, a corrente elétrica pode variar de 110 a 220V.
10. Identifique a mala do seu jeito. Pode exagerar. É a melhor maneira de sua mala não ser confundida com outra parecida nas esteiras dos aeroportos. Não deixe de colocar seu nome, telefone e endereço completo.
11. Caso sua bagagem seja extraviada, você deve fazer um boletim de ocorrência junto à companhia aérea na hora em que você chegar. A responsabilidade da mala após o check-in é inteiramente da companhia aérea.

No aeroporto

1. Chegue no aeroporto duas a três horas antes do horário de partida.
2. Se você tem máquinas fotográficas, computadores, filmadoras ou qualquer outro eletrônico de valor, vá até o guichê da Polícia Federal brasileira (nos aeroportos internacionais) e registre esses equipamentos. Você receberá um documento, sem o qual, na volta, terá de pagar impostos sobre esses aparelhos, como se você os tivesse comprado lá fora.
3. Ao passar para a sala de embarque, seus pertences serão submetidos ao aparelho de raio X. Não se preocupe, porque esse equipamento não danifica os filmes fotográficos que estiverem na maleta de mão.

Ao desembarcar

1. Procure trocar algum dinheiro no aeroporto. Troque uma pequena quantia para as primeiras despesas. Depois, na cidade, procure as melhores taxas de câmbio com calma.
2. Se você tem traslado incluído, não saia do aeroporto. Caso não localize a pessoa que deveria estar lhe aguardando, entre em contato com o telefone de emergências que lhe será informado antes do seu embarque.
3. Tenha sempre com você, anotados, os endereços e telefones da escola e da família.

Para não perder nada

1. Lembre-se de que conhecer um lugar não é apenas comprar e tirar fotografias, mas comer sua comida, ver sua televisão, observar os hábitos do povo e fazer o que eles fazem para se divertir. Mergulhe no destino de corpo e alma para não se arrepender, depois, de ter perdido o melhor da festa.
2. Os porteiros dos hotéis lhe serão de grande ajuda, eles poderão lhe informar onde encontrar praticamente qualquer coisa, fazer recomendações e reservas, fazer chamadas telefônicas na língua do país, aconselhar sobre gorjetas e outros assuntos.

 


 





Para aproveitar todo o conteúdo do site, basta se cadastrar gratuitamente pelo Link: Cadastre-se grátis no menu a esquerda.

Promoção...